• Conectar - Qualificação e Trabalho
  • Vagas em Ilhéus e região
  • Vagas em Caetité e região

Qualificação

23/03/2021 14:03

Governo lança cursos de qualificação profissional com seis mil vagas

Para reduzir os impactos da pandemia da Covid-19 na economia baiana, o Governo do Estado está estruturando uma série de medidas de retomada do setor produtivo e aceleração do emprego e da renda. Entre as ações, está a oferta de cursos gratuitos de qualificação, na modalidade Educação a Distância (EAD), para seis mil trabalhadores e trabalhadoras.

Os cursos fazem parte do projeto “Conectar - Qualificação e Trabalho”, lançado terça-feira (23), pelo governador Rui Costa, no programa Papo Correria. O público-alvo é composto por jovens, de 16 a 29 anos, egressos de escolas públicas, trabalhadoras autônomas cadastradas no Programa Contrate.Ba, mulheres chefas de família monoparental, rodoviários desempregados, condutores de vans escolares e motoristas de transporte complementar. As inscrições para os cursos podem ser realizadas no endereço eletrônico: conectarbahia.com.br.

A iniciativa está sendo executada pela Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) e oferece capacitação, com carga horária de 60h, em áreas que vêm ganhando destaque neste período e devem seguir em alta no pós-pandemia, como marketing digital e e-commerce; redes sociais como ferramenta de marketing; fotografia digital; digital influencer e marketing digital para o empreendedor.

Há também oportunidade de adquirir conhecimentos que podem ser um diferencial no mercado de trabalho, como inglês básico e pré-intermediário, ou acompanhar tendências no setor de serviços, através dos cursos de gastronomia, com ênfase na culinária vegana; unhas artísticas e manicure profissional; profissional organizer e cuidador de idosos. Já rodoviários e motoristas de vans desempregados em função da crise sanitária participam de uma reciclagem, que inclui temas de saúde e segurança do trabalho, para retornar mais rápido às atividades.

O secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Davidson Magalhães, destaca que os participantes terão direito a bolsa-auxílio no valor de R$ 120, por dois meses, para assegurar principalmente o acesso à plataforma digital dos cursos. “Diante das restrições impostas pela pandemia, tivemos que reestruturar as ações de qualificação profissional desenvolvidas pelo Governo do Estado. A partir de uma análise do cenário sanitário e econômico, estamos ofertando cursos a distância aos trabalhadores mais vulneráveis, com foco em áreas estratégicas para impulsionar a inserção no mercado formal, a prestação de serviços de forma autônoma ou a construção do próprio negócio”, explica.

Ascom Setre
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.