• Unidades do SineBahia
  • Carteira Nacional do Artesão e Artesã
  • RH Bahia
  • RH Bahia

Trabalho Decente

25/01/2019 14:01

Comitê avalia ações de combate ao trabalho escravo e infantil

O Comitê Gestor da Agenda Bahia do Trabalho Decente (ABTD) realizou nesta sexta-feira (25), a primeira reunião de 2019, na Secretaria Estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador. Na pauta do encontro, a avaliação das atividades desenvolvidas, ao longo do ano passado, pelos eixos Erradicação do Trabalho Escravo e Erradicação do Trabalho Infantil.

Na área de combate ao trabalho escravo, foram apresentadas as medidas de prevenção, repressão e atendimento às vítimas, como a realização de seminários e capacitações sobre o tema e o resgate de 59 trabalhadores em condições análogas a escravidão no último ano. Já a interiorização das ações, por meio de oficinas macrorregionais de sensibilização de gestores, educadores e sociedade civil, foi um dos destaques da atuação do eixo de Erradicação do Trabalho Infantil em 2018.

De acordo com o coordenador da Agenda Bahia do Trabalho Decente, Juremar de Oliveira, o objetivo é traçar um panorama das diversas câmaras temáticas que integram a ABTD. “Foi um debate muito proveitoso para entender como têm sido as ações e as dificuldades que existem nas duas áreas. Vamos dar continuidade também com os outros eixos e a expectativa é que a gente consiga avançar na promoção do trabalho decente em 2019”, afirmou.

Comitê Gestor

Criado em 2008, o Comitê Gestor da Agenda Bahia do Trabalho Decente é formado por 32 entidades. Além da Setre e da Organização Internacional do Trabalho (OIT), são parceiros na construção da ABTD, as secretarias estaduais: SJDHDS, Saeb, Sesab, SPM, Sepromi, SEC, Seagri, Secti, SICM e Seplan.

Também participam do colegiado: Conselho Estadual Tripartite e Paritário de Trabalho e Renda; Ministério Público do Trabalho; Amatra-5; Federação das Indústrias do Estado da Bahia; Força Sindical; Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil; Central Única dos Trabalhadores; União Geral dos Trabalhadores; Superintendência Regional do Trabalho e Emprego; Fecomércio-Ba; Femicro-Ba; Fundação da Agricultura e Pecuária do Estado da Bahia; Fundacentro; Assembleia Legislativa da Bahia; Tribunal de Justiça da Bahia; e Tribunal Regional do Trabalho.

Ascom Setre
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.