• Festival Boas Práticas da FUNTRAD

Qualificação

28/11/2018 08:11

Setre entrega certificados do curso de Corte e Costura

O aniversário de um ano da Associação de Mulheres Unidas do Beiru foi comemorado ontem (27), com a certificação de 20 trabalhadoras que concluíram o curso de Corte e Costura, oferecido pelo Programa Qualifica Bahia. A cerimônia foi marcada por uma exposição de peças confeccionadas durante o curso e por depoimentos das participantes sobre a qualidade das aulas e as expectativas profissionais.

“Além de apresentar uma alternativa de geração de renda, o curso foi uma verdadeira terapia para a turma. Já faço consertos em casa e consegui aperfeiçoar a qualidade do serviço. Pretendo começar a produzir algumas peças também e, quem sabe, até montar uma grife futuramente”, contou a dona de casa, Regiane Coutinho, 33 anos.

Para a estudante de Gestão em Recursos Humanos, Vitória Caroline, 19 anos, o curso foi o primeiro contato com a costura. “Foi uma experiência muito gratificante. Penso em abrir uma pequena empresa, onde eu possa fazer e comercializar roupas, juntando os conhecimentos adquiridos na graduação com o que aprendi no Qualifica Bahia”, afirmou a jovem.

Iniciativa do Governo do Estado, por meio da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), a formação teve carga horária de 200h distribuídas entre conteúdos sociais e específicos. “Os cursos do Qualifica Bahia têm contribuído para mudanças positivas de trajetória de vida de milhares de trabalhadoras e trabalhadores baianos. São oportunidades de novos ofícios para pessoas que, muitas vezes, estão em desalento e com dificuldades financeiras e também uma porta de entrada para a formação continuada”, destacou a chefe de gabinete da Setre, Ângela Guimarães.

Também participaram da certificação, o presidente do Instituto de Inovação Tecnológica, Gestão e Desenvolvimento Social (IADES), instituição executora do curso, Ivo Pessoa; a coordenadora técnica do Qualifica Bahia, Helenira Meira; e a presidenta da Associação de Mulheres Unidas do Beiru e demandante do curso, Nadjane Santos.

Ascom Setre

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.