• Unidades do SineBahia
  • Carteira Nacional do Artesão e Artesã
  • RH Bahia
  • RH Bahia

Economia Solidária

22/11/2018 15:11

Encontro debate economia solidária na promoção da igualdade e do desenvolvimento

Representantes da sociedade civil e do poder público participaram nesta quinta-feira (22), em Salvador, do seminário “A economia solidária como estratégia de promoção da igualdade e do desenvolvimento territorial”.  O evento, que aconteceu no auditório do PAF V, no campus da Universidade Federal da Bahia (Ufba), em Ondina, foi realizado pela Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre).

“O seminário é a reafirmação do nosso compromisso com a economia solidária e com o combate ao racismo institucional, em um momento de retrocessos sociais e desmonte acelerado de políticas públicas no Brasil”, destacou o titular da Setre, Vicente Neto, durante a solenidade de abertura da programação, que reuniu também representantes da secretarias estaduais de Saúde e Educação e da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego da Bahia.

Parte das comemorações do Novembro Negro, o seminário contou com palestras, feira de produtos e apresentação de projetos da área. Os debates giraram em torno de medidas para o fortalecimento e a implementação de políticas de promoção da igualdade e do desenvolvimento territorial, a partir da experiência da economia solidária.

Para a chefe de Gabinete da Setre, Ângela Guimarães, o evento também teve como objetivo mostrar a viabilidade de outro modelo de desenvolvimento econômico, “baseado na cooperação, no trabalho coletivo, na solidariedade e na autogestão, uma perspectiva  que tem a promoção da igualdade como um dos seus princípios balizadores”.

Já o superintendente estadual de Economia Solidária, Milton Barbosa, resgatou ações que a Setre vem desenvolvendo ao longo dos últimos anos para fortalecer o segmento. Entre os destaques, o gestor citou o Edital de apoio a Empreendimentos Econômicos Solidários no Âmbito dos Espaços Socioculturais de Matriz Africana, um instrumento de “defesa da história, da cultura, dos valores e da capacidade de geração de riqueza da população negra do estado, que financiou importantes projetos na área”.

Ao longo do dia, pesquisadores e gestores abordaram temas como “Inovação Tecnológica: Uma Necessidade da Economia Solidária”; “Economia Solidária e o Entendimento não Mercantil das Relações Econômicas”; “Política Pública de Economia Solidária: uma Estratégia de Desenvolvimento Territorial e de Construção da Igualdade” e “Economia Solidária e a Busca pelo Combate ao Racismo Institucional”. Também foram apresentados os projetos Gerar (Ufba/Setre) e Combate ao Racismo Institucional: A Contribuição da Economia Solidária para a Sensibilização de Gestores Públicos (Setre/Seppir).

“Quero ser uma multiplicadora dos conhecimentos adquiridos no seminário, levar informação – a melhor arma que temos para nos defender das opressões – para outras pessoas”, afirmou a assistente Social, Francisca Bonfim.

Ascom Setre
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.