• Festival de Economia Solidária
  • Edital 003/2018 do Trabalho Decente
  • Unidades do SineBahia
  • Carteira Nacional do Artesão e Artesã

Trabalho Decente

07/02/2018 15:02

Carnaval 2018: Operação Carolina de Jesus começa na próxima quinta-feira

Na próxima quinta-feira (08), os catadores de resíduos sólidos que vão trabalhar durante o Carnaval da Bahia recebem kits de proteção individual (botas, luvas e protetor auricular) e fardamento (calça, camisa e boné). A ação faz parte da Operação Carolina de Jesus e beneficiará cerca de 1.500 trabalhadores.

Além dos kits, os catadores receberão auxílio para refeições diárias e contarão com apoio de cooperativas de reciclagens responsáveis pela compra dos materiais coletados a preço justo.

Os postos de coleta e as Centrais de Apoio funcionarão em cinco locais: Ladeira da Montanha, Politeama, Barra, Ondina e Nordeste de Amaralina.

Com investimento de R$ 820 mil, a campanha tem o aporte financeiro das secretarias do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), da Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) e do Meio Ambiente (Sema).

A Secretária da Setre, Olívia Santana, destaca que além do apoio financeiro e estrutural, a campanha proporciona dignidade aos catadores e às catadoras, na medida em que oferece boas condições de trabalho e reconhecimento.

Carolina De Jesus

Carolina de Jesus é considerada uma das primeiras e mais importantes escritoras negras do Brasil. A autora viveu boa parte de sua vida na favela do Canindé, na zona norte de São Paulo, sustentando a si mesma e seus três filhos como catadora de papéis.

Ao mesmo tempo em que trabalhava como catadora de lixo registrava o cotidiano da comunidade onde morava nos cadernos que encontrava no lixo, os quais somavam mais de vinte. Um destes cadernos, um diário que havia começado em 1955, deu origem ao seu livro mais famoso, Quarto de Despejo: Diário de uma Favelada, publicado em 1960.

Ascom Setre
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.