• Feira de Artesanato da Bahia
  • Espaços Solidários
  • Programa de Estágio

Economia Solidária

14/11/2017 08:11

Oficina de Combate ao Racismo Institucional chega ao território da Bacia do Rio Grande

O Governo do Estado, por meio da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), realizou na última semana, em Formosa do Rio Preto, no Extremo Oeste da Bahia, a oficina de capacitação do projeto de Combate ao Racismo Institucional: A Contribuição da Economia Solidária para a Sensibilização de Gestores Públicos.
 
Durante dois dias, representantes dos municípios que compõem o território da Bacia do Rio Grande participaram de debates sobre a construção e implementação de políticas públicas de combate ao racismo institucional e promoção da igualdade racial, com recorte no trabalho e renda.
 
A oficina, que contou com a parceria da prefeitura local, teve a participação de dois professores mestres em Educação do Campus de Barreiras da Universidade do Estado da Bahia (Uneb): Edson Carvalho, que há 13 anos desenvolve pesquisas sobre os povos quilombolas; e Maria Anália, pesquisadora da área de Políticas Públicas.
 
No próximo ano, será realizada uma nova etapa do encontro territorial, com o objetivo de consolidar a rede de economia solidária da região.
 
Projeto
 
Iniciado no mês de outubro, em Salvador e Região Metropolitana, o Projeto de Combate ao Racismo Institucional: A Contribuição da Economia Solidária para a Sensibilização de Gestores Públicos segue durante todo o mês de novembro, com oficinas nos seguintes municípios: Irecê e Paulo Afonso (ontem e hoje), Valença e Guanambi (21 e 22), Jequié e Pintadas (23 e 24), Vitória da Conquista (27 e 28), Juazeiro (28 e 29) e Cachoeira (29 e 30).
 
A iniciativa é da Setre, com o apoio do Ministério dos Direitos Humanos, por meio da Secretaria de Política de Promoção da Igualdade Racial do Governo Federal, e das secretarias estaduais da Educação (SEC) e de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi).
 
Ascom Setre

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.