• Feira de Artesanato da Bahia
  • Espaços Solidários
  • Carteira Nacional do Artesão e Artesã
  • Sei Bahia

Economia Solidária

09/10/2017 10:10

Empreendimento apoiado pela Setre lança coleção de moda afro

Um desfile, realizado na tarde do último sábado (7), no Salvador Shopping, marcou o lançamento da coleção “A Deusa que habita em cada uma”, do empreendimento solidário de moda afro Laços de Mãe. As peças são resultado do trabalho de integrantes dos terreiros Tanuri Junsara e Cobre, localizados no Engenho Velho da Federação, que participaram do projeto IPA – A Força Empreendedora das Mulheres.

A iniciativa contou um investimento de mais de R$ 130 mil do Governo do Estado, através da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), por meio do Edital de Apoio a Empreendimentos de Economia Solidária de Matriz Africana. Os recursos foram destinados à qualificação das mulheres e compra de maquinários e insumos.

“O edital nasceu da vontade de promover a inclusão socioprodutiva das comunidades de matriz africana, especialmente dos povos de terreiro. O desfile simboliza a vitória desse projeto, mostrando que é importante valorizar as mulheres do axé”, destacou a secretária do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Olívia Santana, que acompanhou o lançamento.

As roupas foram apresentadas pelas próprias integrantes do projeto, que desfilaram uma coleção primavera-verão com cores vivas e estampas marcantes, usando tecidos de caça e panos africanos. 

“Além da geração de renda, a iniciativa teve um impacto na autoestima e empoderamento das participantes, que se reconheceram como pessoas capazes de ter o seu próprio dinheiro e passaram a ter orgulho da sua raça e da sua religião”, conta Carolina Duarte, representante da Avante - Educação e Mobilização Social, instituição executora do projeto.

As participantes tiveram aulas de costura de nível básico e avançado, modelagem, design, economia solidária, orientações sobre gestão e viabilidade socioeconômica e acompanhamento de uma psicóloga social, que atuou no fortalecimento das relações interpessoais do grupo. “Queremos oferecer ao mercado um produto de qualidade, que já está contribuindo para a nossa autonomia financeira”, conta Rita Pinheiro, umas das beneficiadas pelo projeto.

Ascom Setre
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.