• I Fórum Baiano da Diversidade no Mundo do Trabalho
  • I Fórum Baiano da Diversidade no Mundo do Trabalho
  • I Fórum Baiano da Diversidade no Mundo do Trabalho
  • I Fórum Baiano da Diversidade no Mundo do Trabalho
  • I Fórum Baiano da Diversidade no Mundo do Trabalho
  • I Fórum Baiano da Diversidade no Mundo do Trabalho

Esporte e Lazer

14/06/2017 08:06

Lauro de Freitas recebe Copa Internacional de Seleções de Judô

A Copa Internacional de Seleções de Judô chega à terceira edição, a partir desta quarta-feira, 14, com disputas entre algumas das maiores potências mundiais do judô na atualidade. Durante o evento, as seleções do Brasil, Rússia, França, Holanda, Itália, Grã-Bretanha, Alemanha e Portugal lutarão pelo ouro da competição por equipes no Centro Pan-Americano de Judô, em Lauro de Freitas. 

"Fizemos a primeira edição da Copa em 2016 e os países que vieram já tinham demonstrado interesse em voltar, dado o alto nível técnico da disputa. Esta edição não vai ser diferente. A competição estará muito forte, já que os países estão com seus principais atletas da classe júnior. Acredito que será uma prévia do Campeonato Mundial por Equipes Sub 21 deste ano, que será em outubro, em Zagreb", avalia Marcelo Theotônio, gestor das Categorias de Base da CBJ.

A Copa é disputada no formato de repescagem olímpica com as preliminares começando nas quartas-de-final. Quem vence avança às semifinais e quem perde nas quartas vai para a repescagem. É uma competição por equipes em que cada duelo entre países tem sete combates, um por categoria de peso (60kg, 66kg, 73kg, 81kg, 90kg, 100kg e +100kg). Vence o duelo a equipe que vencer o maior número de combates.

No primeiro dia do evento, às 14h30, será realizado o sorteio das chaves. Os primeiros combates, por sua vez, serão na quinta-feira (15), a partir das 8h. A disputa pelo bronze será no mesmo dia, às 15h. A secretária do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Olívia Santana, vai acompanhar a final da competição, às 17h.

Em fevereiro deste ano, a seleção brasileira sagrou-se campeã da segunda edição da Copa ao vencer a seleção da Alemanha por 4 a 3 na final. O Japão ficou com o título da primeira edição, em 2016, vencendo a Rússia por 4 a 3 na decisão, e o Brasil foi bronze.

Com informações da Confederação Brasileira de Judô (CBJ)

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.