• Orientações Covid 19
  • Artesanato da Bahia
  • FazAtleta

Economia Solidária

27/12/2016 16:12

Setre investe mais de R$ 18 milhões na economia solidária em 2016

Para promover o desenvolvimento da economia popular e solidária,
considerando as diversidades dos territórios, das cadeias produtivas,
das necessidades de gênero, raça/etnia, das comunidades tradicionais e
das pessoas em situação de vulnerabilidade social, a Secretaria do
Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) investiu, neste ano de
2016, o valor global de R$18,3 milhões, através da Superintendência de
Economia Solidária (Sesol).

 

Estão sendo realizadas ações de fortalecimento a 1.317 empreendimentos
de economia solidária, através da prestação dos serviços de
assistência técnica e comercialização ofertada por 11 Centros
Públicos, distribuídos em 15 Territórios de Identidade.


Por meio de 65 convênios celebrados com organizações da sociedade
civil (OS) a Setre está beneficiando 388 empreendimentos com apoio
técnico e/ou financeiro para compra de insumos. “Apoiando os
empreendimentos atuantes com resíduos sólidos, mantivemos apoio
financeiro, no valor total de R$906 mil”, adianta o secretário
estadual do Trabalho e Esporte, Álvaro Gomes.


As OS (sociedade civil organizada) foi contratada para organizar os
catadores em ações voltadas para a coleta e processamento de resíduos,
abrangendo cinco municípios (Ilhéus, Itabuna, Teixeira de Freitas,
Juazeiro e Jacobina).


AÇÃO NO CARNAVAL


Durante o Carnaval deste ano a Setre investiu R$ 881 mil do Fundo Estadual de
Combate e Erradicação da Pobreza (Funcep). “Viabilizamos 18.297 contratos de microcrédito em 176 municípios, contemplando todos até o dia 20 de dezembro, o  programa estadual de microcrédito efetivou  180.523 contratos com a liberação de R$ 394,2milhões.



No semiárido baiano, as liberações para o mesmo período foi de 100.417 contratos e R$ 215,9  milhões liberados. Nos municípios onde a “mancha
da pobreza” tem sido mais forte, foram liberados 
25.704 contratos, totalizando R$ 54,4 milhões.


NOVAS PARCERIAS


“Continuamos concentrando esforços em estreitar as relações com
diversos parceiros. Este ano, capacitamos 60 baianas de acarajé no
curso de manipulação de alimentos e gestão de negócios, em parceria
com a Universidade Católica de Salvador – Ucsal”, antecipa Álvaro
Gomes.

AÇÃO DE FISCALIZAÇÃO


Durante o ano de 2016, a Setre acompanhou e fiscalizou 13 projetos do
edital de Mulheres Rurais, que atende, aproximadamente, 362 mulheres
com investimento de R$ 1 milhão: o de Apoio a Redes de Economia
Solidária e de Comércio Justo, com 18 projetos, beneficiando 274
empreendimentos e investimento total de R$ 4,5 milhões; e o de Matriz
Aficana, com 34 projetos, beneficiando 101 empreendimentos com
investimento total de R$ 8,2 milhões.



Ascom Setre
28 de dezembro de 2016
Lício Ferreira MTE-Ba 793

 

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.